Bolívia irá sediar o ADM 2018, prazo para submeter artigos já está aberto

A cidade de Sucre, na Bolívia, será a sede da 31º edição do maior congresso de administração da América Latina – ADM 2018, Cooperação e Desenvolvimento. O evento é uma realização da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) em parceria com a Universidad Mayor, Real y Pontificia de San Francisco Xavier de Chuquisaca (USFX) e acontece entre os dias 13 e 17 de agosto. Essa é a primeira vez que o congresso será realizado fora do Brasil, antes, além de Ponta Grossa (PR), Natal (RN) também foi sede do congresso. As inscrições são feitas somente pelo site oficial do evento (admpg2018.com.br). O valor do primeiro lote é de R$ 150 até 30/04. O segundo lote de inscrições custa R$ 200 até 30/06 e após esse período R$ 250. Não estão inclusas despesas com transporte, alimentação e hospedagem.

O prazo para as submissões de artigos está aberto e vai até o dia 6 de maio. A novidade são as novas áreas temáticas propostas pela comissão organizadora e que visam a produção e a disseminação do conhecimento científico. Para o professor da UEPG, Cesar Eduardo Abud Limas, um dos responsáveis pelo comitê científico do ADM 2018, as 10 linhas de pesquisa vão contribuir substancialmente para o desenvolvimento do conhecimento sobre gestão. Segundo ele, a reestruturação nos campos de pesquisa se adequa às áreas temáticas da ANPAD (Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Administração). “Em breve pretendemos ofertar o curso de Mestrado em Administração na UEPG. O ADM sem dúvida é um dos principais canais de divulgação das pesquisas a serem realizadas pelo futuro programa”, explica. A expectativa é receber aproximadamente mil submissões. Os trabalhos selecionados serão publicados nos anais do ADM 2018.

O congresso, o maior da América Latina dentro do segmento acadêmico, deve receber estudantes, professores e pesquisadores de várias partes do Brasil e do mundo. “É uma oportunidade ímpar de divulgarmos o que está sendo produzido por pesquisadores e alunos da graduação e pós-graduação da América Latina na área da Ciência da Administração”, completa Abud Limas.

Deixe uma resposta